Moradores estão preocupados com descarte irregular de lixo no canal do Rio Comprido

Falta de limpeza pode causar o transbordamento do esgoto do rio

Foto: Morador

Foto: Morador

O descarte irregular de lixo, móveis e entulho no canal da av. Paulo de Frontim vem preocupando moradores do Rio Comprido. Segundo um grupo de moradores, carroceiros e pessoas estão jogando sacos de lixo e inservíveis no canal abaixo do Elevado Paulo de Frontim. O canal recebe água da vertente norte do Maciço da Tijuca e é um dos condutores de esgoto da região para a Baía de Guanabara.

Os moradores pedem a limpeza do canal, já que todo esse material, com as constantes chuvas na cidade, pode causar o transbordamento da água do rio da av. Paulo de Frontim e gerar alagamento de ruas nos bairros do Estácio, Praça da Bandeira e Rio Comprido.

Foto: Morador

O portal Grande Tijuca entrou em contato com a Prefeitura do Rio para levar o caso citado nessa matéria e questionar se estão sendo tomadas medidas de punição e conscientização dos moradores, bem como de limpeza do canal do Rio Comprido.

A prefeitura do Rio, através da Subprefeitura do Centro e da Fundação Rio-Águas, informou em nota "que trabalha, no momento, na recuperação do canal da Avenida Paulo de Frontin, próximo ao Viaduto dos Marinheiros. A limpeza do curso d'água será inserida na programação do órgão".