Pesquisa mostra rejeição do público pela realização da Copa América no país

Mais de 80% das pessoas consultadas se mostraram contra

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/Divulgação

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/Divulgação

Em uma pesquisa feita nas redes sociais do Portal Grande Tijuca, cerca de 84% dos seguidores se disseram contra a realiza√ß√£o da Copa América no Brasil, enquanto apenas 16% concordaram com a realiza√ß√£o do torneio no pa√≠s. Foram 134 votos computados na enquete que teve 112 votos a favor da n√£o realiza√ß√£o e 12 querendo a Copa.

"No momento precisamos de vacina e não jogos, eles aumentaram mais a aglomeração e o surto de nova onda que está chegando com outros povos vindo pro Brasil. Quando acabar os jogos vamos ver o quanto de mortes aconteceram por dia, acho que chegará a 10 mil", comentou Vera Lucia.

Um comentário feito por um perfil identificado como Regi Reginalda, ironizou a realização dos jogos no país. "Acho essa organização bem corajosa de trazer seus atletas para cá, o mundo todo fechando as portas para os brasileiros e esse doidos querendo vir, muita coragem viu".

Por outro lado, Fl√°vio José de Almeida questionou o fato de outros campeonatos de futebol continuarem acontecendo. "Se pode as Eliminatórias, Campeonato Brasileiro, Libertadores, Copa do Brasil, estaduais porque n√£o a Copa América? Aglomera√ß√£o? Os bares est√£o cheios, a praia est√° cheia, os bailes funk lotam, as ruas no entorno do Maracan√£ ficam lotadas em dias de jogo. Ent√£o porque n√£o a Copa América? Porque n√£o é a Globo que transmite sei".

Opinião compartilhada por Iracema Carvalho. "Sou a favor de campeonatos de tudo, nunca deixou de ter festas clandestinas, aglomeração para todos os lados, tanta hipocrisia", criticou.

A Copa América vai acontecer pela segunda vez seguida no Brasil após Colômbia e Argentina desistirem da organiza√ß√£o, a primeira pelo momento de instabilidade vivido no pa√≠s atualmente e a segunda, alegou o aumento no quadro da pandemia do novo coronav√≠rus por l√°, que alcan√ßou recentemente 77 mil mortes por covid.

Com 469 mil mortos desde o come√ßo da pandemia, o Brasil aceitou sediar o torneio após a Confedera√ß√£o Sul-Americana de Futebol (Conmebol) entrar em contato com o presidente Jair Bolsonaro no come√ßo da semana. De acordo com a tabela divulgada recentemente, oito partidas ser√£o disputadas no Maracan√£ e no Nilton Santos.

No entanto, em entrevista coletiva na √ļltima sexta-feira (4), o prefeito Eduardo Paes revelou que a Prefeitura e nem a Secretaria Municipal de Sa√ļde n√£o foram consultadas pela CBF e pela Conmebol sobre a quest√£o sanit√°ria

"Eu n√£o vejo vantagem nenhuma em realizar jogos da Copa América. A prefeitura do Rio n√£o tem nada a ver com a decis√£o de realizar jogos da Copa América no Brasil. Ali√°s, n√£o houve até agora qualquer consulta formal à secretaria. O que eu imagino é que eles estejam se guiando por um decreto em vigor na cidade, que permite a pr√°tica de partidas de futebol sem torcida, como tivemos agora a√≠ dois Fla x Flus sem torcida. Ent√£o, o que est√° em vigor até 14 de junho é isso. Eu n√£o sei nem quando é o jogo aqui no Rio da Copa América, mas se a situa√ß√£o por acaso se agravar e o decreto mudar, acabou", declarou o prefeito.