Moradores acusam BOPE de execução no Morro da Formiga

Vítimas seriam do tráfico local e teriam sido abandonados na mata

Moradores acusam BOPE de execução no Morro da Formiga

Moradores do Morro da Formiga acusam policiais do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) de terem executado três traficantes e deixado os corpos na parte alta do morro. A denúncia ocorre três dias após a operação realizada pela unidade. Na ocasião, divulgada pela polícia, foram apreendidas drogas.

"Mataram três jovens na mata e deixaram o corpo deles lá pros moradores caçarem. Aí eles vão dizer que houve troca de tiro. Por que então eles não desceram os corpos? Porque eles deixaram o corpo lá com certeza foi pra todo mundo achar que matou bandido, matou porque eles tem que ser os heróis, né? Eu tô cansada de ter que ficar engolindo e vendo que todo mundo aplaude esses covardes que tiram a vida dos jovens como se eles não tivessem família, como se fossem animais. Os corpos, antes de tirarem a vida deles, tinha ocorrido maus tratos. Eles faziam parte do tráfico, sim, mas ainda eram seres humanos", relatou uma parente das vítimas ao portal Grande Tijuca.

Outro morador acusa os policiais do BOPE de invadirem as casas dos moradores.

"Fui acordado as 6h da manhã com os polícias arrombando minha porta a chutes. Eles invadiram todas as casas dos moradores, humilhando todo mundo. Eles ainda roubaram coisas minhas. Eu fui meio que assaltado pela polícia dentro da minha casa e não posso falar nada até porque vou reclamar com quem?", questionou outro morador, que pediu anonimato.

Procuramos a assessoria de imprensa da Polícia Militar que até o fechamento da reportagem não se pronunciou.