Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

Concluído

Taxista é indiciado por homicídio com dolo eventual após morte de motoboy em Vila Isabel

Inquérito foi encaminhado para o Ministério Público

Imagem de destaque da notícia

O taxista Eduardo Henry Nogueira Grupo, que dirigia o veículo que colidiu contra o motoboy Alan Salles, em Vila Isabel, no último dia 31 de maio, culminando na sua morte, foi indiciado por homicídio com dolo eventual (quando se assume o risco de matar).

O caso foi investigado pela 20ª DP (Vila Isabel). Foram analisadas imagens, produzidos laudos periciais de alta complexidade, realizadas dezenas de diligências e obtidos testemunhos. 

Laudo de perícia concluiu que a morte do motoboy foi causada pela "falta da guarda de distância entre os veículos por parte do condutor do táxi".

Outro documento inlcina que o taxista estava com excesso de velocidade, assim como o motociclista, e que Eduardo não freou antes de atingir Alan, como alegou em seu depoimento. A câmera interna do táxi também ajudou a esclarecer o caso.

O delegado titular da delegacia de Vila Isabel, Leandro Gontijo, entendeu que o taxista assumiu o risco de matar Alan. O relatório da investigação foi enviado para o Ministério Público do Rio.




Deixe sua opinião

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis