Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

Strake a pose

Primeiro festival de Ballroom acontece de graça na Tijuca e oferece R$ 10 mil em prêmios

Evento pretende impulsionar e fomentar a cena carioca LGBTQIAPN+ na região

Imagem de destaque da notícia

Entre 9 e 12 de julho o Rio de Janeiro realizará seu primeiro e grande evento totalmente dedicado à cultura Ballroom. Em pleno inverno carioca, o Festival The Face Of Ball aquece o roteiro LGBTQIAPN+ da cidade com uma programação cultural totalmente gratuita e no formato multilinguagem. Deste modo, shows, apresentações de dança, oficinas, rodas de conversas e as icônicas batalhas de vogue com premiação que somam R$ 10 mil integrarão o evento, uma plataforma que irá impulsionar, celebrar e fomentar a cena Ballroom carioca. O Festival estreia abrangendo espaços da zona norte carioca, como o Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Tijuca.

O projeto será uma realização coletiva em parceria com integrantes das diferentes casas (houses) da cena Ballroom, tendo em sua equipe e atrações importantes nomes da cena ballroom regional, nacional e internacional. Abarcando oficinas de diferentes vertentes performáticas da cultura Ballroom, destacam-se na intensa programação a Oficina de Runway com Diva Davanna (EUA), a Oficina de Face com Diameika Odara (SP), a Oficina Commentator x Performance com a Pioneer/Trailblazer Founder Mother Kona Hands UP (DF/SP) + Star Father Kunty Labella Mafia (RJ)

Entusiasta do movimento Ballroom, foi Rafael Fernandes quem, em maio de 2023, realizou no MAM (Museu de Arte Moderna) o evento "The Face of Ball - Circulação", um evento homônimo ao filme de Alitta que aborda a cultura Ballroom / Vogue sob a perspectiva do Cinema Novo com estética Afrofuturista. No lançamento presencial do média-metragem e no movimento cultural paralelo que o evento proporcionou, os espaços do Museu foram ocupados com corpos diversos no intuito de expandir o universo retratado no filme.

"Após a pandemia, a cultura Ballroom começa se estabilizar e ter algum reconhecimento na cidade do Rio de Janeiro e no Brasil. As instituições e projetos de renome começam a programar e desenvolver ações em torno da comunidade, mas a maioria desses projetos com recursos acabam sendo realizados no eixo Centro-Zona Sul. O Festival The Face of Ball aposta na descentralização geográfica e no resgate histórico territorial da origem da Ballroom, sendo inteiramente realizado em regiões periféricas da cidade, com programação 100% gratuita, ocupando equipamentos culturais públicos e parques, como o de Madureira", reforça Rafael.

Cultura surgida nas décadas 1960/70 nas regiões periféricas de Nova York, a cena Ballroom tem se consolidado na última década no Rio de Janeiro como espaço de acolhimento da população LGBTQIAPN+ e de expressão artísticas de jovens negros, pardos e periféricos. Deste modo, o projeto será um marco para a cena carioca que vem sobrevivendo sem praticamente nenhum investimento público, pontuando ainda a urgência do fomento de ações de valorização desse importante movimento artístico, político e social.

"Além de uma dezena de atrações de diversas regiões do país que vem para o Rio de Janeiro ministrar oficinas e participar de conversas, o Festival traz ainda uma atração internacional, Diva Davanna - um ícone da cultura ballroom e referência nos desfiles de passarela. As oficinas acontecem no Centro Coreográfico, importante equipamento cultural para a dança, que tem recebido atividades da cultura Ballroom na última década. A programação foi pensada de modo a reunir referências locais, nacionais e internacionais em suas respectivas modalidades, e serve como um esquenta para o baile competitivo que encerra o Festival", ressalta Netto, que assina a produção artística do Festival.

Coordenadora artística do projeto, a Legendary Overall Princess Wallandra comemora a realização do Festival enquanto reconhece os desafios diários que permeiam a cultura e a comunidade Ballroom. "As Balls sempre foram um espaço de celebração, porque desde sua origem é um grande desafio passar pelos extermínios nas ruas só por ser um corpo LGBTQIAPN+, um corpo marginalizado e divergente. Nosso desafio é promover um espaço de celebração para valorizar a comunidade LGBTQIAPN+ numa sociedade ainda tão homofóbica, transfóbica e racista. Queremos estimular as pessoas a exporem suas realidades, potencializando-as para poder mostrar e construir a sua vida social através deste espaço. O nosso maior desafio é construir esse espaço de uma forma segura e com propósito, pessoal e coletivo, para que cada pessoa possa ser quem ela é, conseguindo expor as suas realidades, e conseguindo ampliar espaços e fazer ocupações nessa sociedade que não oferece muitos acessos para pessoas como nós", finaliza.

SERVIÇO

FESTIVAL THE FACE OF BALL 2024

 

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro (CCO)

Endereço: R. José Higino, 115 - Tijuca

Datas: 09 a 12 de Julho

Horário: Terça das 14h30 às 20h. Quarta, Quinta e Sexta das 14h30 às 19h

Classificação indicativa: Oficinas e Filmes - 16 anos; Conversas - Livre

Gratuito*

(*As Oficinas têm vagas limitadas e com inscrições prévias através do formulário: https://forms.gle/NtGh7J)

>Ações de acessibilidade: Arquitetônica; Tradução em LIBRAS para as Oficinas e Conversas; Legendas e Audiodescrição para a Mostra de Filmes

PROGRAMAÇÃO

 > 09 de julho - Terça-feira

14:30h às 17h (Loft): Oficina de Face com Diameika Odara (SP)

17:30h às 19h40 (Teatro): Mostra de filmes

- O RIO TÁ UM FERVO -  Trailer | 3'43'' (2023)

Com Legendary Vitória Jovem 007, Legendary Overall Princess Wallandra Cazul, Statement Pulva 007, Founder Fashion Daddy Labella Máfia, Founder Mother Gabriela de Barbosa Labella Máfia, Andromeda 007

- LUA - Curta | 3'42'' (2023)

Direção: Joseph Wilson

Com Legendary Imperatriz Lua Brainer 007

- IRMÃS BRASIL - Curta | 19'56''  (2020)

Direção: Legendary Vitória  Jovem 007 e Legendary Vini Ventania 007

- THE FACE OF BALL - Documentário | 69'52" (2021)

Direção: Alitta

Com Legendary Lua Brainer 007, Legendary Mother Ciara Laffond, Legendary Father Luky Império, Legendary Kill Bill, Legendary Mother Tai Cazul, Maylla Eassy, Piricaio, Rebeca Zaa, Star Princess Kali Mamba Negra, e The Overall Princess Legendary Wallandra.

> 10 de julho - Quarta-feira

14:30h às 17h (Loft): Oficina Commentator x Performance com Pioneer/Trailblazer Founder Mother Kona Hands UP (DF/SP) e Star Father Kunty Labella Mafia (RJ)

17:30h às 19h (Sala Multiuso) - Conversa "Títulos em Movimento:  linguagem, identidade e representação na Cultura Ballroom"

Participantes: Traiblazer Felix Pimenta (SP) | Trailblazer Yagaga Kengaral (CE) | Pioneer Mother Paula Juicy Couture (MG) | Mother Simas Maverick (AM)

Mediação: Pioneer Rothyer Juicy Couture

Descrição: Entendemos que as formas de dizer e nomear não são apenas uma questão de descrição, mas também um ato de existência. Ao discutirmos as nomenclaturas que moldam nossa comunidade, confrontamos as contradições inerentes à sua natureza em constante evolução. Como podemos capturar a essência de uma cultura em constante transformação através das palavras que escolhemos?

Exploraremos como as terminologias e léxicos da cultura ballroom na refletem não apenas quem somos, mas também quem aspiramos a ser. Reconheceremos as contradições entre a necessidade de categorização e a liberdade de expressão individual, entre os sistemas de títulos que conferem reconhecimento e as limitações que podem impor.

Convidamos o público a desafiar e a refletir sobre como as formas de dizer e nomear se entrelaçam com nossas próprias formas de existir. Vamos nos aventurar juntos neste espaço de reflexão, onde as contradições nos desafiam a abraçar a complexidade e a fluidez da cultura ballroom latino-americana.

> 11 de julho - Quinta-Feira

14:30h às 17h (Loft): Oficina Vogue Funk com André Oliveira DB & Codazzi IDD (RJ)

17:30h às 19h (Sala Multiuso) - Conversa "Profissionalização e Possibilidades - A Integração da Ballroom no Mercado de Trabalho"

Participantes: Trailblazer Ákira Avalanx (SP)  | Star PamBelli 007 (RJ) | Legendary Luquinhas 007 ( RJ) |  Princess Zuri Ewá (RJ)

Mediação: Princess Germanetto Mamba Negra

Descrição: Vamos explorar de que maneira a cena ballroom tem se relacionado com o mercado de trabalho, considerando tanto as perspectivas da ballroom sobre o mercado quanto às percepções do mercado sobre a ballroom. A cultura ballroom tem se estendido para além dos limites dos bailes, encontrando espaço e reconhecimento em diversos setores profissionais. Durante nossa discussão, vamos investigar como essa integração tem se desenvolvido, levando em conta as diferentes visões entre a ballroom e o mercado de trabalho, discutindo estratégias e perspectivas desenvolvidas por agentes atuantes na comunidade.

> 12 de julho - Sexta-feira

14:30h às 17h (Loft): Oficina de Runway com Diva Davanna (EUA)

17:30h às 19h (Multiuso): Conversa  "Encruzilhadas, Interseccionalidade e o Futuro da Ballroom"

Participantes: Mother Pérola Onija (SP/MG) | Puma Camille (BA/SP) | Founder Fashion Daddy Labella Máfia(RJ) | Founder Mother A Luisa Lamar-Sagrada (MT/DF)

Mediação: Legendary Overall Princess Wallandra Cazul

Descrição: Este encontro visa explorar as complexas interações entre identidade, poder e inclusão na cena ballroom, além de discutir como essas dinâmicas moldam o futuro da comunidade. A cultura ballroom é um espaço de expressão e resistência para muitos indivíduos que vivenciam múltiplas formas de opressão e marginalização. Neste debate, vamos examinar como a interseccionalidade - a interação entre diferentes identidades sociais, como raça, gênero, classe e sexualidade - influencia a experiência de participantes da ballroom e molda sua visão de futuro.


Deixe sua opinião

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis