Abusador é detido pelo Tijuca Presente por importunação sexual na Tijuca

Criminoso foi levado para a 19ª DP (Tijuca)

Foto: Divulgação/Segurança Presente

Foto: Divulgação/Segurança Presente

Agentes do Tijuca Presente prenderam um abusador por importunação sexual, nesta sexta (05), contra uma mulher em um ônibus da linha 415, que seguia no sentido Usina, na Tijuca. Segundo o Segurança Presente, uma equipe fazia um patrulhamento de rotina no cruzamento entre as ruas Conde de Bonfim e Uruguai, quando foi acionada por passageiros e o motorista, que detinham um homem em um ônibus.

Na ação, a vítima relatou que o abusador estava sentado ao seu lado, quando, em dado momento, fez gestos obscenos e se masturbava no local. A mulher, ao perceber a ação do criminoso, levantou-se do assento gritando, e os passageiros tomaram a iniciativa de deter o acusado.

O criminoso foi detido pelos agentes e levado juntamente com a vítima para a 19ª DP (Tijuca), onde foi registrada a ocorrência.

O crime de importunação sexual está previsto na Lei Nº 13.718, que fará quatro anos no dia 24 setembro. De acordo com a lei federal, "praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro, a pena é de reclusão de 1 (um) a 5 (cinco) anos, se o ato não constituir crime mais grave".