Traficantes do Fallet incendeiam veículo em comunidade rival

Grupo tentou invadir o complexo do São Carlos

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Um grupo de traficantes da comunidade do Fallet (CV) tentou, na noite desta quinta (20), invadir o complexo do São Carlos, pelo Rio Comprido. Segundo moradores, o fato ocorreu após integrantes da quadrilha, liderada pelo traficante Empada (TCP), não terem conseguido invadir os morros do Fallet e Fogueteiro, ao entrarem em confronto com policiais militares nesta manhã. Integrantes da facção Comando Vermelho resolveram, em represália nesta noite, em menos de dois dias, tentar entrar novamente no complexo do São Carlos pela rua Campos da Paz.

O grupo, com um veículo roubado, chegou até a rua Ambíré Cavalcânti, no Rio Comprido, mas foi impedido por traficantes do São Carlos. Os criminosos, então, incendiaram um veículo e fugiram do local.

O conflito pelo controle do tráfico nos bairros do Catumbi, Estácio e Rio Comprido ficou cada vez mais intenso, após a morte do traficante "Pitbull", que mudou de facção criminosa.

No último domingo (16), traficantes do complexo do São Carlos (TCP) entraram em confronto com integrantes da facção CV na rua Paula Ramos e cinco traficantes teriam ficado feridos no tiroteio.

No mês de dezembro, traficantes do morro do Fallet e Fogueteiro invadiram o complexo do São Carlos pelas comunidades do Querosene e da Mineira e entraram em confronto com o grupo liderado pelo chefe do tráfico conhecido como "Empada", pertencente ao TCP.

No conflito, dois traficantes teriam morrido e o armamento teria sido adquirido. Já no início do mesmo mês, traficantes do morro do São Carlos foram até a comunidade do Fogueteiro e teriam matado três criminosos da facção Comando Vermelho e levado dois fuzis, duas pistolas e munições.

No mês de novembro, traficantes do morro da Coroa (CV) entraram em confronto com integrantes do morro da Mineira (TCP).