Saga do cãozinho Shitzu: antiga tutora contrata escritório de advocacia para 'duelo' na Justiça

Ela foi denunciada por dona de petshop ao ver o animal com bicheiras nos ouvidos

Saga do cãozinho Shitzu: antiga tutora contrata escritório de advocacia para 'duelo' na Justiça

A saga do cãozinho da raça Shitzu, resgatado do convívio da antiga tutora por maus tratos, ainda não tem fim. Segundo Adriana Souza, proprietária do petshop Latidos e Miados e que intercedeu através de denúncia na delegacia para tirar o animal das mãos da antiga tutora, a mesma teria contratado um renomado escritório de advocacia para entrar com ação para recuperar o Shitzu na Justiça.

Para Adriana, o animal, que hoje vive em uma casa na Barra com uma tutora provisória, está bem ambientado, cuidado e feliz.

"Ele está numa alegria só. E foram gastos quase R$ 4 mil para cuidar da saúde dele, entre internação, consultas e medicamentos. A antiga dona, que argumentava não ter dinheiro para cuidar dele e até eutanásia cogitou, agora contrata, sabe-se lá por quanto, um escritório para entrar na Justiça. Esperamos que essa Justiça veja bem o antes e o depois e que ele possa continuar sendo feliz", relatou.

O animal foi resgatado em outubro e a denúncia foi feita na 19ªDP (Tijuca)