Moradores do Alto da Boa Vista fazem reunião com a Gerência da Usina sobre festas clandestinas

Eventos vêm sendo realizados sem autorização e com volume acima do permitido

Foto: Leonardo Pimenta

Foto: Leonardo Pimenta

Moradores do Alto da Boa Vista se reuniram na praça Afonso Viseu, na noite desta quarta (03), com a Gerência Executiva da Usina da Prefeitura do Rio para denunciar a realização de festas clandestinas no bairro. A reunião contou com a presença do gerente executivo Local da Usina, Thiago Fonte, do vereador Rogério Amorim (PSL), moradores e comerciantes.

Durante a reunião, os moradores relataram que várias festas ilegais sem autorização estão sendo realizadas na localidade com volume de som acima do permitido na localidade e com consumo de drogas. A visita da SEOP, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal e do 6º BPM nesses locais foi cogitada pelo grupo.

Além desse tema, foram discutidas ideias do plano diretor da Cidade para o Alto da Boa Vista, de relatoria do vereador Rogério Amorim.

O gerente Executivo Local da Usina Thiago Fonte comentou sobre o êxito da reunião com os moradores e comerciantes do bairro.

"A reunião que tivemos com a comissão de moradores foi muito proveitosa. Conversamos sobre as casas de festa irregulares, que era o tema principal, e junto com os moradores, saímos com algumas metas, como rever as casas de festa profissionais e coibir as irregulares. As casas de festa profissionais estão sendo mapeadas para ter uma reunião. Nessas, serão vistos o isolamento acústico, os alvarás e se estão em dia com a Vigilância Sanitária. Os estabelecimentos que estiveram irregulares vão ser encaminhados ao Secretário de Ordem Pública. Os moradores nos chamaram aqui também para ver com a CET-RIO a questão da Estrada Dona Castorina e da Estrada da Paz, mas todas as demandas já estão sendo tratadas por nossa gerência", finalizou Fonte.