Parque Nacional da Tijuca estuda plano de reabertura

Desde o dia 17 de março, o local está fechado como medida preventiva de combate ao novo coronavírus

Imagem: Parque Nacional da Tijuca

Imagem: Parque Nacional da Tijuca

Neste sábado (6), o Parque Nacional da Tijuca, por meio das redes sociais, publicou uma nota informando que já está avaliando o desenvolvimento de um plano de reabertura da unidade de conservação ambiental. A medida é fruto da publicação do decreto de número 47.112, do Governo do Rio, que foi publicado em edição extra do Diário Oficial, na última sexta-feira (5).

Entre as medidas descritas no documento está a autorização da retomada de atividades em parques existentes na cidade do Rio.

Vale relembrar que o Parque Nacional da Tijuca é uma unidade de conservação gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. Desde o dia 17 de março, o local está fechado como medida preventiva de combate ao contágio do novo coronavírus (Covid-19).

Diante da possível retomada do funcionamento, segundo o Parque Nacional da Tijuca, é fundamental que a reabertura, quando ocorrer, esteja adaptada à nova realidade provocada pela pandemia de Covid-19, com o desenvolvimento de protocolos de segurança que permitam o retorno gradual, seguro e orientado do público nos locais do parque abertos a visitação.

Ainda de acordo com o comunicado oficial emitido pelo parque, em relação ao Corcovado, onde fica o Cristo Redentor, o processo de reabertura é o mesmo, mas também levará em conta os protocolos desenvolvidos em parceria com as concessionárias Paineiras-Corcovado e Trem do Corcovado. Além disso, não há um prazo definido, visto que a reabertura precisa cumprir algumas etapas para ser efetivada.