Rolezinho da madrugada volta a incomodar moradores do Rio Comprido

Grupo tem passado em alta velocidade fazendo barulho pelo bairro

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O grupo de motociclistas que participa do chamado "rolezinho da madrugada" voltou, na madrugada dessa sexta (24), a tirar o sono dos moradores do Rio Comprido. Segundo moradores, os motociclistas têm passado todas as madrugadas de sexta-feira, no horário de 1:30 h, pela parte superior do Elevado Paulo Frontin em alta velocidade e fazendo um grande barulho com o motor dos veículos.

"Sempre acontece. Toda madrugada de quinta para sexta é a mesma coisa. É um transtorno isso", relata uma moradora.

Um morador chegou a filmar o grupo passando pelo Elevado Paulo de Frontin, em direção à Zona Sul.

Os motociclistas não estavam transitando pela região há cerca de quatro meses, após o 6º Bpm da Polícia Militar realizar várias operações em pontos estratégicos, coibindo o deslocamento do grupo pela Grande Tijuca.

Nas operações realizadas há um ano, cerca de 100 veículos foram interceptados, cerca de 20 motos foram apreendidas e 46 autuadas na Praça da Bandeira.

O Elevado Paulo de Frontin tem o policiamento, em conjunto, do 6º BPM (Tijuca) e do 4ºBPM (São Cristóvão). O viaduto divide as áreas de policiamento dos dois batalhões de Polícia Militar.

O portal Grande Tijuca entrou em contato com a Secretaria de Estado de Polícia Militar, para que se pronunciasse sobre a atuação do grupo de motociclistas e sobre as ações para acabar com o rolê na cidade.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar disse em nota que "segue aplicando suas equipes no policiamento ostensivo, de maneira preventiva e estratégica. Indivíduos ou grupos que sejam identificados em flagrante durante práticas delituosas, serão detidos e conduzidos à autoridade delegada. Ressaltamos a importância da colaboração da população através de nossa Central 190 de maneira imediata. O anonimato é garantido".