Semáforo apagado há dois meses causa transtornos em Vila Isabel

Segundo moradores, inúmeros pedidos em vão foram feitos para a CET-Rio

Semáforo apagado há dois meses causa transtornos em Vila Isabel

Dois meses. Esse é o tempo que um semáforo está apagado na esquina das ruas Souza Franco com Torres Homem, em Vila Isabel. Moradores, pedestres e motoristas reclamam que já fizeram diversos pedidos para a Prefeitura, através da CET-Rio, solucionar o caso, em vão.

"Só eu já liguei, pelo menos, 20 vezes para a Prefeitura. Será que só depois que acontecer um acidente com vítimas vai fazer com que a CET-Rio trabalhe? É assim que fazem o planejamento do trânsito de Vila Isabel?", lamenta Marcos Vinícius, morador do bairro.

E não é o primeiro problema que Vila Isabel apresenta no que diz respeito a sinalização no bairro. Moradores e comerciantes sempre denunciaram o "cruzamento da morte", na Teodoro da Silva com Luis Barbosa.

Procuramos a CET-Rio, responsável pela manutenção dos semáforos da cidade. Em nota, informou que "os equipamentos semafóricos têm sido alvo frequente de furtos e vandalismos. Somente neste final de semana as equipes de manutenção de semáforos foram acionadas para 18 ocorrências que tiveram como causa os furtos e/ou vandalismo de equipamentos. No caso específico, os danos causados não foram restritos apenas a cabos e elementos externos, mas também foram furtados seus componentes eletrônicos responsáveis pelo adequado funcionamento da programação semafórica e por sua comunicação com os servidores da CET-Rio. Está sendo providenciada a reposição dos equipamentos que controlam esse cruzamento e também de outros locais onde tivemos o mesmo problema nessa região".