Final da Copa América terá torcedores convidados e limite de 10% da capacidade

Prefeitura autorizou Conmebol a ceder ingressos, mas órgão precisa testar convidados antes

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

E a final da Copa América, que ser√° realizada amanh√£ às 21h, no Maracan√£, ter√° p√ļblico. A informa√ß√£o foi confirmada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, que cedeu os pedidos da Conmebol. A presen√ßa desses torcedores ser√° limitada a 10% da capacidade do est√°dio e ser√° de convidados.

A Prefeitura informou que a libera√ß√£o acontece em car√°ter excepcional e o p√ļblico, sentado, dever√° respeitar um espa√ßamento m√≠nimo de dois metros entre cada pessoa ou fam√≠lia. A Conmebol ficar√° respons√°vel pelo teste de Covid-19 em todos que entrarem no est√°dio dentro das 48 horas anteriores ao jogo: quem testar positivo n√£o pode entrar.

"A gente teve a final da Copa Libertadores, liberamos para que tivesse 5 mil convidados. Eles concentraram todos em um só setor do Maracan√£, o que foi um problema, a Prefeitura multou. A mudan√ßa é essa: 10% de cada setor do est√°dio, com um espa√ßamento grande entre as pessoas. S√£o todos convidados da Conmebol e ser√£o testados - disse o prefeito.

"Para ser honesto, n√£o recebi press√£o nenhuma. N√£o conhe√ßo ninguém da Conmebol nem da CBF. Soube pela imprensa da solicita√ß√£o, a Secretaria de Sa√ļde tomou a decis√£o com toda a liberdade. N√£o houve qualquer tipo de press√£o. As regras s√£o bastante aceit√°veis. A gente n√£o v√™ problema - completou.

O secret√°rio municipal de sa√ļde, Daniel Soranz, revelou que a Conmebol queria, em uma primeira solicita√ß√£o, liberar metade do est√°dio, o que n√£o foi aceito pela prefeitura.

"O pedido inicial da Copa América para a Prefeitura era realizar com 50% de p√ļblico, e a gente n√£o acha adequado. Liberamos 10% de cada setor do est√°dio, para evitar aglomera√ß√£o. Todas as pessoas ter√£o o ambiente controlado por testagem e separada por dois metros para n√£o ter aglomera√ß√£o - explicou.

"N√£o deixa de ser um evento teste para nós, neste momento em que as not√≠cias j√° s√£o melhores. E a gente come√ßa, se Deus quiser, a viver uma transi√ß√£o - completou o prefeito Paes.