Polícia e Prefeitura realizam grande operação em ferros-velhos da Grande Tijuca

Um deles já foi interditado por diversas irregularidades. Ação visa coibir receptação de metais furtados na região

Polícia e Prefeitura realizam grande operação em ferros-velhos da Grande Tijuca

Na manh√£ desta quinta-feira (1/7), cerca de 11 ferros-velhos foram alvos de mandados de busca e apreens√£o em uma opera√ß√£o conjunta da Pol√≠cia Civil, da Pol√≠cia Militar, da Guarda Municipal, da Subprefeitura da Grande Tijuca e da Secretaria de Ordem P√ļblica (SEOP). Policiais militares do 6¬ļBPM (Tijuca), agentes da Secretaria Municipal de Ordem P√ļblica (SEOP), policiais civis da 18¬™DP (Pra√ßa da Bandeira), 19¬™DP (Tijuca), 20¬™DP (Vila Isabel) e 25¬™DP (Engenho Novo) e funcion√°rios da Comlurb e Light participaram também da a√ß√£o.

Intitulada "Operação Sucata", a ação visa verificar a procedência dos materiais comprados pelos ferros-velhos como cabos, fios e demais materiais de metal que vem sendo furtados na região.

Nesta manh√£, dois estabelecimentos na Rua S√£o Francisco Xavier foram fiscalizados. Um deles j√° foi interditado. Nele, liga√ß√Ķes clandestinas de √°gua e luz e uma tampa de bueiro receptada irregularmente. oram encontrados no local bueiros, port√Ķes e cabeamento de telefonia, o dono do estabelecimento, Luiz Felipe Pereira Martins, de 40 anos, foi preso em flagrante por recepta√ß√£o qualificada. Todo o material ainda ser√° periciado.

De acordo com o subprefeito da Grande Tijuca Wagner Coe, a Opera√ß√£o Sucata é extremamente importante para inibir a a√ß√£o dos meliantes na regi√£o.

"As a√ß√Ķes come√ßaram hoje e j√° fechamos dois ferros-velhos na regi√£o da Mangueira. Estes furtos causam danos terr√≠veis à popula√ß√£o, que fica sem energia, sem telefonia, sem internet, sem sinal de tr√Ęnsito e vulner√°vel a roubos. A Opera√ß√£o visa justamente inibir a pr√°tica desses delitos e a a√ß√£o dos infratores, agindo no cerne do problema para impedir o comércio ilegal, que ocorre dentro desses ferros-velhos, afirmou Wagner Coe.

Segundo às investiga√ß√Ķes realizadas pela 19¬™ Delegacia de pol√≠cia da Tijuca, h√° pelo menos 11 ferros-velhos envolvidos no esquema, os mandados de busca e apreens√£o j√° est√£o sendo cumpridos por bairros da Grande Tijuca e da Zona Norte do Rio.

"Nós sabemos que a cidade vem sendo atacada de v√°rias formas. Sendo saqueada de v√°rias formas. A ideia realmente é combater esses estabelecimentos que comercializam esses produtos desviados de logradouros p√ļblicos, de fia√ß√Ķes. E a ideia de hoje é um projeto-piloto em que v√°rias institui√ß√Ķes foram convocadas para que cada uma, dentro de sua atribui√ß√£o, pudesse exercer a fiscaliza√ß√£o e constatar irregularidades, afirmou o delegado Gabriel Ferrando, da 19¬™ DP (Tijuca).

H√° ainda suspeita e ind√≠cios, segundo os investigadores, de que os cabos pudessem estar sendo queimados no local para retirada dos fios de cobre. O propriet√°rio preso em flagrante negou que fossem produtos roubados, mas a prefeitura j√° reconheceu que as tampas de bueiros s√£o bens p√ļblicos e a equipe da Comlurb j√° recolheu o material.

No ferro-velho da avenida Radial Oeste, a Secretaria de Ordem P√ļblica n√£o encontrou o alvar√° de funcionamento.

"Esse estabelecimento n√£o possui autoriza√ß√£o para funcionar. J√° identificamos de forma preliminar a subtra√ß√£o de √°gua e de luz, além de produtos que pertencem, preliminarmente, em tese, à Light, como cabos, e também bueiros de via p√ļblica, afirmou o secret√°rio Breno Carnevale, da SEOP.

Durante a operação alvarás de funcionamento estão sendo inspecionados e todos os materiais encontrados nos locais, como carcaças, capotarias e peças metálicas serão analisados.