Deputado Estadual faz projeto de lei que propõe o fechamento da UERJ

Documento prevê a venda ou aluguel do imóvel da universidade para iniciativa privada

Foto: Leonardo Pimenta

Foto: Leonardo Pimenta

O deputado Estadual Anderson Moraes (PSL) protocolou, nessa ter√ßa (25), um projeto de lei que prop√Ķe o fechamento da Universidade do Estado do Rio de Janeiro no Maracan√£. Segundo a proposta, o governador do Estado estaria autorizado a extinguir a UERJ e a ceder, ou até mesmo vender, os bens móveis e imóveis da universidade para a iniciativa privada. O projeto ainda prev√™ a manuten√ß√£o das vagas atuais e bolsas destinadas a estudantes de baixa renda ou em situa√ß√£o de pobreza. O documento diz ainda que o Hospital Pedro Ernesto seria transferido para a Secretaria Estadual de Sa√ļde e os servidores seriam cedidos a outras faculdades ou levados a aderir a um plano de demiss√£o volunt√°ria.

Nas redes sociais do deputado, o projeto gerou manifesta√ß√Ķes a favor por parte de alguns ex-alunos e apoiadores da medida e manifesta√ß√Ķes contr√°rias de alunos e professores da institui√ß√£o.


Anderson Moraes ainda justifica o projeto alegando que existem uma ideologia partid√°ria e censura de pensamento.

"É n√≠tido o aparelhamento de viés ideológico socialista na Universidade, com clara censura ao pensamento acad√™mico de outras linhas de vis√£o de mundo, inclusive mediante agress√£o f√≠sica e verbal contra estudantes ou professores que pensam de forma contr√°ria a tal ideologia", diz o deputado no projeto.

O portal Grande Tijuca entrou em contato com a assessoria de comunica√ß√£o da Universidade do Estado do Rio de Janeiro para que se pronunciasse sobre o projeto mas, até o fechamento dessa matéria, n√£o se manifestou sobre o caso.