Rio Contra a Fome completa um mês com 45 toneladas arrecadadas

JUVRio anunciou hoje a listagem de 80 coletivos e organizações da campanha

Rio Contra a Fome completa um mês com 45 toneladas arrecadadas

A população carioca que foi se vacinar no último mês se engajou em ajudar o próximo. A campanha Rio Contra a Fome arrecadou mais de 45 toneladas desde seu início, no dia 2 abril. Todos os pontos municipais de vacinação, são mais de 250 espalhados pela cidade, estão recebendo as doações de itens da cesta básica. A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) está a frente da campanha, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Secretaria Especial de Ação Comunitária (SEAC), recebendo as doações, organizando a logística e atuando como facilitadora com os coletivos e organizações da sociedade civil parceiras, que ficam responsáveis pela distribuição dos alimentos.

A JUVRio anunciou hoje a lista de 80 coletivos que vão distribuir as doações às famílias que estão passando por insegurança alimentar nas favelas e periferias. Foram 225 inscritos no formulário aberto para cadastrar organizações com interesse em aderir à Rio Contra a Fome. Alguns dos critérios para seleção foram: já atuar há pelo menos um ano na mitigação dos efeitos do vírus nas favelas e periferias; possuir uma lista de famílias mapeadas para serem atendidas com as doações de alimentos; e a área de atuação. Os critérios de seleção foram publicados na edição de hoje do Diário Oficial do Município. A lista completa dos selecionados está disponível nas redes da JUVRio.

Salvino Oliveira, secretário da JUVRio, comemorou o balanço de um mês da campanha. "A Rio Contra a Fome é mais uma iniciativa da Prefeitura do Rio para apoiar quem passa por momento de maior vulnerabilidade por conta da pandemia. O povo carioca está de parabéns pelas 45 toneladas arrecadadas nesse mês e podemos ajudar muito mais até terminar o calendário de vacinação".

Todos os pontos municipais de vacinação continuam recebendo doações, incluindo aqueles que funcionam apenas no sistema de drive-thru. Os itens de cesta básica prioritários são arroz, feijão, fubá, açúcar, óleo de cozinha, leite em pó e sabonetes. A lista completa de pontos e calendário de vacinação municipal está disponível em https://coronavirus.rio/vacina/. "Todos nós da Secretaria de Saúde ficamos muito felizes com o resultado e orgulhosos por estarmos servindo de agentes facilitadores nessa campanha. A pandemia trouxe doença e mortes, mas também outras dificuldades para as pessoas, principalmente as mais carentes, que muitas vezes sequer têm como comprar alimentos e outros produtos de primeira necessidade. É muito bonito ver o engajamento e solidariedade de quem vem se vacinar e traz suas doações, que serão revertidas para essas famílias que mais precisam", diz o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.