Terreno abandonado volta a preocupar moradores de Vila Isabel

Espaço está sem proteção, com entulho e lixo na calçada

Foto: Leitor

Foto: Leitor

Moradores da rua Barão de Cotegipe, em Vila Isabel, estão preocupados novamente com um terreno em estado de abandono, que fica na altura do número 445. Segundo um morador, o terreno continua sendo utilizado para o descarte de entulho, lixo e lama que acabam ocupando a calçada. Além desses grandes transtornos, roedores continuam entrando nos imóveis próximos. O caso já havia sido apresentado por nossa redação em agosto do ano passado e a prefeitura, na época, realizou a limpeza do local, porém a Imobiliária responsável pela venda e manutenção do imóvel não tomou providência alguma.

"Vocês publicaram a situação de abandono do terreno na rua Barão. de Cotegipe, ao lado nº 419. Na época, a prefeitura apareceu e retirou o lixo na calçada e ficou de notificar o proprietário do imóvel. Passados seis meses, a situação do terreno voltou a ser como antes. Onde era apenas entulho, agora tem armário velho, lixo e madeira, sem falar dos ratos e baratas que passeiam livremente", disse o morador.

Foto: Leitor

No local, existiam duas casas antigas que estavam em ruínas e foram derrubadas em outubro de 2014, para dar lugar a um novo empreendimento. O espaço, de 1160 m2 de área, está à venda e era prevista a construção de um prédio com 32 apartamentos, que não saiu do papel.

O portal Grande Tijuca entrou em contato com a imobiliária Martins Ferreira Imóveis, responsável pelo terreno, e com a Subprefeitura da Grande Tijuca para saber sobre a manutenção do espaço e a retirada de entulho e lixo da calçada.

A Imobiliária Martins Ferreira Imóveis foi contactada, mas até o fechamento dessa matéria não se pronunciou sobre o caso.

Já o Subprefeito da Grande Tijuca, Wagner Coe, informou que "a subprefeitura da Grande Tijuca tem conhecimento da situação deste terreno e já esteve no local. Como se trata de um terreno particular, o proprietário recebeu notificação e já foi multado. Como o descuido persiste, já pedi que seja novamente notificado. Também foi solicitado à Comlurb apoio na limpeza e desobstrução do calçamento, e o lixo será removido do local".