Parques públicos da Grande Tijuca permanecerão fechados até junho

Resolução municipal para prevenir o aumento do contágio pela Covid-19

Foto: Divulgação/ Instituto Chico Mendes

Foto: Divulgação/ Instituto Chico Mendes

O aumento no número de casos positivos de coronavírus na cidade do Rio de Janeiro e a violação por parte de alguns cidadãos do isolamento social fizeram com que a Prefeitura do Rio prorrogasse, nessa segunda (18), o fechamento dos parques do Grajaú e da Tijuca no Rio. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, além do Parque Estadual e Municipal Grajaú e o Parque da Tijuca, outros 11 parques e o Monumento Natural do Pão de Açúcar também permanecerão de portas fechadas até o dia 18 de junho.

Na resolução publicada no Diário Oficial, foi prorrogado também, por 15 dias, o regime especial de trabalho remoto para funcionários maiores de 60 anos, ou que tenham doenças cardiovasculares ou pulmonares, problemas imunológicos e transplantados, e gestantes vinculadas à SMA.

O Parque da Tijuca tem quase 40 quilômetros quadrados e compreende a Floresta da Tijuca no Alto da Boa Vista, a Serra da Carioca e a Pedra da Gávea.

Já o Parque Estadual e Municipal do Grajaú tem uma área de quase 55 hectares de vegetação e montanhas.

Os parques são muito frequentados por turistas, famílias e exploradores que aproveitam para andar pelas trilhas e fazer escaladas.