Ladrões tentam invadir imóvel em Vila Isabel

Policiais do 6º BPM prendem uma integrante do grupo

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma quadrilha invadiu, na noite desta terça (18), um imóvel à venda na rua Torres Homem, na altura do número 475, para furtar peças de alumínio e ferro em Vila Isabel. Segundo moradores, vizinhos teriam visto uma estranha movimentação no local e resolveram chamar a polícia. De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do 6ºBpm foi enviada ao imóvel para verificar a denúncia e conseguiram localizar uma mulher que tentou fugir da abordagem. Na ação, somente uma mulher de 28 anos foi presa e, em sua posse, estava um alicate de corte, uma chave de fenda, vários fios de cobre e uma mochila. Um vídeo postado nas redes sociais por moradores mostra os policiais fazendo buscas por mais integrantes do grupo através de uma casa vizinha, porém não conseguiram locar mais nenhum membro.

O prédio invadido pertence ao Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro que se mudou para um andar na rua da Alfândega no Centro e está à venda.

No informativo do CRVM de janeiro de 2011, o presidente do Conselho, Dr. Rômulo Cezar Spinelli Ribeiro de Miranda, explicou o motivo da mudança para outro imóvel.

"A atual sede do CRMV-RJ, localizada na Rua Torres Homem, nº 475 em Vila Isabel na cidade do Rio de janeiro, não comporta mais as atividades administrativas da autarquia federal. Em 1994, ano que foi adquirida, éramos 4.775 Médicos Veterinários, 418 Zootecnistas e 3.939 Empresas. Até 31/12/2010, esse número aumenta para 11.008 Médicos Veterinários, 786 Zootecnistas e 9.299 Empresas. Isso demonstra o aumento de demanda do conselho. O número de funcionários aumentou, assim como os documentos, pastas e processos administrativos e o espaço físico continua o mesmo. Estamos realmente sem espaço para comportar nossos colaboradores e todas nossas atividades", disse o presidente do CRVM na época.

A mulher e o material apreendidos foram encaminhados para a 20ª DP (Vila Isabel), onde foi registrada a ocorrência.