Como se prevenir para evitar golpes pela Internet ?

Por João Alberto

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A quantidade de golpes via internet sempre foi grande, porém durante a pandemia o uso dos meios digitais cresceu absurdamente. E obviamente os estelionatos seguiram o aumento da demanda.

Podemos listar inúmeros tipos de golpes, tais como: anúncios de eletrônicos, roupas, tênis e até carros são "vendidos" em sites e perfis falsos principalmente no Instagram.

Tem ainda o golpe do namoro virtual que após conquistar o amor do parceiro, narra uma história triste para ter acesso a empréstimos ou o do "parente" via WhatsApp que está precisando urgentemente de uma transferência via pix.

Existem ainda os empregos que prometem ganhos altos e fáceis sem sair de casa, mas precisa que o candidato transfira um valor de entrada para "custas operacionais e treinamento".

Até falsos empresários que oferecem negócios vantajosos, levam o parceiro até escritório montado, apresenta equipe de trabalho, porém desaparece após receber o valor da entrada do sócio.

Em todos esses casos podemos citar a inocência e também o desejo de levar grande vantagem na compra ou negócio como motivo de cair em golpes.

Lembre-se que não há almoço grátis! Desconfie de objetos novos vendidos a preços muito abaixo do normal.

Pesquise antes de fechar o negócio, não compre na dúvida ou no escuro. É melhor investir um pequeno valor pesquisando o "parceiro/vendedor" para ter certeza que está investindo em algo correto, do que ser ludibriado e perder boa parte da sua reserva financeira.